Casimiro de Abreu reveillon sem graça

Nem fogos nem luzes. Os cerca de duas mil pessoas que foram a praça Feliciano Sodré em Casimiro de Abreu tiveram que se contentar com o show de uma banda de axé desconhecida e só. Decepção total. E não foi por falta de dinheiro. O município teve forte crescimento de royalties do petróleo – se comparado com anos anteriores – e poderia fazer festa melhor do que proporcionou. Os comerciantes agradeceriam e os moradores também.

Leia Também

Juíza prorroga proibição de aumento de tarifa de água em Silva Jardim

A juíza da 1ª Vara Civil de Araruama prorrogou por mais seis meses liminar que …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *