Humphrey Bogart e Ingrid Bergman foram as estrelas de “Casablanca”

 O casal romântico de “Casablanca”, Rick (Humphrey Bogart) e Ilsa (Ingrid Bergman), na clássica cena final no aeroporto / Arquivo GB Imagem
O casal romântico de “Casablanca”, Rick (Humphrey Bogart) e Ilsa (Ingrid Bergman), na clássica cena final no aeroporto / Arquivo GB Imagem

O clássico “Casablanca” é um dos grandes sucessos do cinema mundial de todos os tempos. É o ponto de encontro de todos que ainda acreditam no romantismo.
Filmado em 1942, em plena Segunda Guerra Mundial, o longa retrata a situação de refugiados europeus que tentam escapar da barbárie nazista passando pela cidade marroquina de Casablanca.
O exilado americano Rick Blaine (Humphrey Bogart) encontrou refúgio na cidade, dirigindo uma das principais casas noturnas da região. Clandestinamente, tentando despistar o Capitão Renault (Claude Rains), ele ajuda os refugiados possibilitando que eles fujam para os Estados Unidos. Quando um casal pede sua ajuda para deixar o país, ele reencontra uma grande paixão do passado, a bela Ilsa (Ingrid Bergman). Este amor vai encontrar uma nova vida e eles vão lutar para fugir juntos.
Embalados pelas notas inconfundíveis da canção “As Time Goes By” e em meio a policiais corruptos, militares alemães perigosos e um passado que pode comprometer os ideais de liberdate, o filme conta a saga de Rick e Ilsa.
Humphrey Bogart e Ingrid Bergman protagonizaram essa história de amor impossível que ganhou o Oscar de Melhor Filme de 1943. Ele, de terno ou sobretudo, é a imagem eterna do homem aventureiro e conquistador. Ela, vestida de branco ou de chapéu na pista do aeroporto, tornou-se uma das maiores deusas do cinema.
O diretor Michael Curtiz conseguiu parte do clima de tensão e mistério do filme fazendo com que os próprios atores ignorassem o final, até o momento de rodar a última cena. O roteiro de “Casablanca”, escrito por Julius J. Epstein, Philip G. Epstein e Howard Koch é uma adaptação da peça que nunca chegou a ser produzida “Everybody Goes to Rick’s”, escrita por Murray Burnett e Joan Allison.
Se você nunca assistiu “Casablanca”, não perca tempo e confira esse clássico do cinema. Se você já assistiu, está na hora de revelo novamente. Prepare a pipoca e bom filme!

Leia Também

O poder da sobrancelha bem cuidada

A sobrancelha é um dos pontos importantes quando o assunto é aparência e maquiagem. Até …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *