Relatora do TRE nega recurso a prefeita cassada de Silva Jardim

Prefeita cassada Maria Dalva Nascimento

A desembargadora eleitoral Cristiane de Medeiros Brito negou recurso da ex-prefeita de Silva Jardim Maria Dalva Nascimento, a Cilene, impetrado no Tribunal Regional Eleitoral. Cilene tentava suspender recurso especial eleitoral interposto contra acórdão – decisão coletiva – do TRE com objetivo de afastar a inelegibilidade e desprover os demais recursos eleitorais interpostos. A ex-prefeita – que juntamente com o prefeito Anderson Alexandre foi acusada de abuso de poder político e econômico nas eleições de 2016 – teve o diploma cassado, mas manteve seus direitos políticos intactos.

” Assim, não se mostram plausíveis os argumentos da requerente, o que se constata pela própria ausência dos requisitos de admissibilidade do recurso interposto”, disse a desembargadora em seu relatório proferido na quinta-feira (11).

Leia Também

Silva Jardim: prefeita cassada deixa dívida com a previdência dos servidores: sete parcelas de um débito de R$ 2,8 milhões estão em atraso

Concorde ou não a direção do órgão, as contas do Instituto de Previdência dos Servidores …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *