Repelente, maquiagem e protetor para curtir o Outono

Com o Outono, as temperaturas naturalmente começam a baixar, dá aquela vontade de não fazer nada, de ler um livro tomando um solzinho para esquentar, mas cuidado. O sol também pode ser violento no Outono, sim. E ainda, cuidado com os insetos, principalmente os transmissores de doenças!

O repelente de insetos passou a ser item essencial, assim como o protetor solar. O repelente deve ser sempre aplicado por último. Na dúvida, fale com seu dermatologista / GB Imagem

Mesmo o tempo estando um pouco mais frio, as temperaturas sobem bastante em alguns momentos do dia e haja maquiagem! Não pode escorrer e ainda tem que proteger a pele dos raios UVB e UVA.

E, importante, não dá mais para se falar apenas em protetor solar, agora o repelente de insetos entrou em cena e passou a ser item de primeira necessidade. Ninguém ignora mais o perigo da Zika vírus, dengue e febre chikungunya. Como continuar com a maquiagem em dia e a pele protegida ao mesmo tempo?

Vamos entender a situação, passo a passo.

Primeiro vamos tratar da proteção solar. Uma tendência que ter agradado muito as mulheres é o protetor solar tonalizante, ou seja, aquele que além de proteger contra os raios UVA e UVB também oferece cor de base, tornando assim o hábito de maquiar-se bem mais fácil, uma vez que um só produto cumpre as duas funções.

Não é segredo que mesmo o melhor protetor solar do mundo precisa ser reaplicado. Se você é daquelas que ficam no sol praticamente o dia inteiro, ou se está curtindo a praia ou a piscina, obrigatoriamente terá que reaplicar a cada duas horas. Se você está de férias, talvez não tenha que se preocupar muito com maquiagem, basta não descuidar da proteção, mas se o dia a dia exige de você horas na rua e tem que apresentar-se impecável, daí o “bicho pega”. Nestes casos é que os protetores tonalizantes entram em cena e ajudam muito, principalmente aqueles em forma de pó ou base compacta, ou pancake, como queira chamar.

Vale a pena repetir que uma boa maquiagem começa com um rosto limpo e bem tratado. Antes de aplicar a maquiagem, usar um tônico e aplicar o primer que fecha os poros e ajuda no controle da oleosidade da pele. A etapa seguinte é o filtro solar. Nesta hora, você pode optar pelos tradicionais protetores sem cor e após vinte minutos da aplicação, usar a sua base preferida. 

Mas, e a reaplicação como fica? Não existe um fotoprotetor que “aguente” o dia inteiro!

Você caprichou no make antes de sair de casa cedo e para colocar o protetor solar “na validade” novamente tem que lavar o rosto e começar tudo de novo?

Os filtros solar em pó, ou as bases compactas com FPS, foram inventados exatamente para facilitar esta tarefa. Você pode procurar nas lojas de cosméticos, tem preços para todos os bolsos, mas aqui também valem algumas dicas: pó compacto tonalizante FPS 30 Adcos; Extralasting Pó Compacto FPS 15 Avon; Pó Compacto Quem Disse Berenice FPS 15; Pó Compacto FPS 30 Maybelline. Nada mais prático do que o estojo na bolsa, sendo que a versão em pó ou em base compacta são bem fáceis de serem aplicados.

A grande tacada é passar uma camada fina de base de manhã para não comprometer o look por causa das reaplicações.

Nos olhos, evite usar sombras em creme sendo que o mesmo vale para o blush. Quanto aos cílios, as marcas à prova d’água são melhores. Leve sempre na bolsa a sombra e o rímel, estes também são fáceis de usar, caso necessite de reaplicação.

Quanto ao batom, nem é preciso explicação. Ele tem que ser SEMPRE repassado. O batom não só embeleza, mas trata os lábios por isso prefira as versões que são acrescidas de FPS em sua formulação.

Para não errar, não saia dos tons rosa, laranja e vermelho. Para fazer com que o batom dure mais, delineie os lábios com lápis no mesmo tom, aplique fina camada de pó facial e depois o batom.

Descansar lendo um bom livro em meio à natureza é uma ótima opção no Outono. Mas lembre-se, a pele precisa de proteção contra os raios UVB e UVA e também precisa de repelente de insetos, dado aos surtos de Zika vírus, dengue e febre chikungunya. A dica é primeiro aplicar o protetor solar, aguardar 15 minutos e daí aplicar o repelente / GB Imagem

Bom, e onde entra o repelente? Os especialistas explicam que o efeito do protetor solar não anula o efeito do repelente. A maneira ideal de uso é a seguinte: com a pele seca, aplica-se primeiramente o protetor solar. Após 15 minutos, aplicar o repelente. Se reaplicar o protetor, reaplique o repelente. O mesmo vale para a pele maquiada, o repelente deve ser sempre o último a ser aplicado.

Lembrando que o repelente deve ser usado em todas as partes expostas do corpo. É bom ter sempre um frasco na bolsa, principalmente para as pessoas façam trabalhos externos, e o mesmo deve ser reaplicado porque a transpiração pode comprometer a sua eficácia.

Cuidado com a picaretagem na hora de escolher o repelente. Na dúvida, fale com um dermatologista.

 

Leia Também

Ter os seios maiores requer planejamento

Para ter sucesso no pós-cirúrgico fique atenta a alguns detalhes e planeje a sua recuperação …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *