Secretário Municipal de Arraial do Cabo é suspeito de fraude

Com objetivo de desarticular uma organização criminosa que desvia recursos da Saúde, policiais da 132ªDP (Arraial do Cabo) realizaram nesta quinta-feira (22) “a Operação Saúde S/A”, na qual foram apreendidos diversos computadores. Segundo a polícia, cerca de 2,5 milhões da saúde pública no município teriam sido desviados.

Entre 2014 e 2016, a prefeitura contratou um laboratório de análises clínicas por R$ 2,5 milhões. Mas segundo as investigações não há comprovação se os exames laboratoriais contratados foram realizados.

A justiça expediu nove mandados de busca e apreensão. Um deles se cumpriu na Câmara Municipal, já que o secretário municipal de Saúde, Antônio Carlos de Oliveira, é vereador. Ações do mesmo tipo foram feitas na  Secretaria Municipal de Saúde, bem como na sede do laboratório e residência de seus responsáveis. 

Documentos e computadores apreendidos serão analisados e a apuração segue seu curso para a finalização da investigação.

Leia Também

TRF cancela prisão de deputados, mas diz que cabe à Alerj soltá-los

Quatro permanecem presos em Bangu, um está em prisão domiciliar O Tribunal Regional Federal da …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *