Silva Jardim gastou cerca de R$ 10 milhões com transporte escolar

Sem revelar quantos veículos estão prestando o serviço e o numero de alunos beneficiados

Embora tenha uma frota própria de ônibus urbanos e micros para o transporte escolar, a Prefeitura de Silva Jardim, um pequeno município do interior fluminense, está gastando mais de R$ 2 milhões por ano com a locação de kombis e vans para a prestação do serviço. De março de 2013 até ontem, a administração municipal pagou R$ 9.933.428.72 à empresa Costa Verde Serviços e Locações de Equipamentos, sem revelar, entretanto, a quantidade de veículos efetivamente à serviço da Secretaria de Educação e o número de alunos transportados. Este é mais um dos segredos da gestão do prefeito Anderson Alexandre (foto), que já responde a processos na Justiça, inclusive sobre acusação de fraudes em licitação e é citado em vários inquéritos instaurados pelo Ministério Público.

Segundo o sistema de registros de pagamentos da Prefeitura, ao todo a empresa teve empenhado a seu favor mais de R$ 11,5 milhões. Foram R$ 1.334.904,30 em 2013, R$ 2.237.450,42 em 2014, R$ 2.603.566,89 em 2015e R$ 2.917.468,75 em 2016. Para o exercício deste ano o empenho global é de R$ 2.841.085,26 e deste total a empresa já recebeu R$ 1.548.508,01, enquanto os pagamentos de 2013 somaram R$ 1.288.574,25 e no ano seguinte a empresa recebeu R$ 2.134.482,42. O efetivamente pago em 2015 somou R$ 2.254.829,85 e no ano passado o valor quitado, ainda de acordo com o sistema, chegou a R$ 2.709.034,19.

Sediada em Rio Bonito, a Costa Verde foi contratada inicialmente sem licitação por um período de 180 dias e desde então vem sendo mantida pela Secretaria de Educação, que em 2014 firmou com a empresa o contrato nº 004, no qual não há qualquer menção a quantidade de veículos que estão fazendo o transporte de alunos nem diz se a frota é da empresa ou se os carros são de terceiros.

Documentos relacionados:

Contrato transporte escolar

Pagamentos de 2013

Pagamentos de 2014

Pagamentos de 2015

Pagamentos de 2016

Pagamentos de 2017

Leia Também

Transporte de alunos em Silva Jardim está sob investigação

A Prefeitura tem 12 ônibus escolares, mas já gastou mais de R$ 10 milhões com …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *