Sul-Americano de Karatê terá representante de Casimiro de Abreu

Luiz Lima garantiu a vaga  após conquistar a medalha de bronze na 2ª Etapa do Circuito Rio Open de Karatê / Divulgação
Luiz Lima garantiu a vaga após conquistar a medalha de bronze na 2ª Etapa do Circuito Rio Open de Karatê / Divulgação

O atleta Luiz Alberto Lima, integrante do Projeto ‘Prodesporte para Todos’, desenvolvido pela Secretaria de Esporte e Lazer de Casimiro de Abreu, garantiu vaga para o Campeonato Sul-Americano, que ocorrerá em São Paulo, no Ginásio do Ibirapuera, nos dias 29, 30, 31 de maio e 1º de junho. O competidor conseguiu a vaga no último domingo (27), após conquistar a medalha de bronze na 2ª Etapa do Circuito Rio Open de Karatê, que ocorreu no Centro Esportivo Miécimo da Silva, em Campo Grande.

Luiz Alberto, de 30 anos, é faixa preta (2º dan) e obteve a medalha de bronze na categoria kumite adulto. Ele é Guarda Municipal da Prefeitura de Casimiro de Abreu e divide sua função de servidor público com o esporte. Lima, como é conhecido, é treinado pelo professor Chagas.

Luiz Lima vai se apresentar à delegação da Confederação Brasileira de Karatê Interestilos no dia 28 de maio. “Estou muito feliz com o resultado desta competição, que estava num nível altíssimo. Poder garantir uma vaga numa competição internacional aumenta a minha responsabilidade. Agora é intensificar os treinamentos e representar bem o município de Casimiro de Abreu e o Brasil no Sul-Americano”, disse o atleta.

Subsecretário de Esporte, Leandro Ramos, diz que é muito gratificante saber que um prata da casa está colhendo frutos nas principais competições deste país. “É um orgulho ver o resultado deste atleta representando muito bem o nosso município de Casimiro de Abreu nas competições esportivas. Vamos continuar apoiando a prática esportiva dos nossos jovens através do Projeto Prodesporte para Todos”, encerrou.

Leia Também

Juíza prorroga proibição de aumento de tarifa de água em Silva Jardim

A juíza da 1ª Vara Civil de Araruama prorrogou por mais seis meses liminar que …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *