Tempo quente traz as doenças de Verão

As temperaturas estão subindo a cada dia e com elas chegam também às doenças do verão. Parece uma bobagem porque quase não percebemos que elas existem, normalmente pensamos que basta não nos esquecermos do protetor solar que tudo está resolvido. No entanto, o dia a dia mostra que não é bem assim.

Segundo os especialistas, com a elevação da temperatura, o corpo humano aumenta a produção do suor e isto faz com que haja maior perda de líquidos corporais, podendo levar a desidratação. Isso mesmo, desidratação, uma doença que aparece devido a não reposição correta de líquidos. Coisa comum e imperceptível principalmente quando pensamos na correria e no estresse do dia a dia. Difícil lembrar que tem de beber água com frequência.

A excessiva exposição ao sol também pode causar desidratação e queimaduras de pele. De acordo a Organização Mundial da Saúde (OMS), a desidratação é uma condição grave que leva à morte milhares de crianças por ano. A maior parte dessas crianças tem desidratação causada por diarreia. Estima-se que no Brasil cerca de 50 mil crianças morrem por ano vítimas de diarreia.  

O calor também provoca maior risco de contaminação de alimentos, que se deterioram pela proliferação de micro-organismos. Esses alimentos ingeridos podem causar vômito e diarreia, que também contribuem para a desidratação.

Para viver bem o calor é preciso antes de tudo beber bastante líquido. É normal se esquecer de beber água durante o dia, mas, no verão, isso pode ter graves consequências. É essencial se manter hidratado durante esta época do ano, portanto, beba bastante água, sucos, isotônicos e tudo que auxilie na hidratação do corpo.
Preste atenção ao armazenamento dos alimentos. A intoxicação é uma das causas mais comuns de doenças. Cuidado redobrado deve ser tomado na praia. Cuidado com a ingestão de alimentos que ficaram muito tempo expostos a alta temperatura.

A higienização das mãos antes da manipulação de alimentos é de extrema importância. Lave-as bem e com frequência. O hábito de colocar a mão na boca costuma ser uma das causas de contaminação da maioria das doenças.
Evite exposição prolongada ao sol e, caso seja necessário se expor, utilize filtro solar para evitar queimaduras, que tornam a pele mais sensível e com maior risco de desenvolver infecções, alergias e micoses. Além disso, evite os horários de pico de sol, entre 10h00 e 16h00.
Neste período do ano, em que as altas temperaturas prevalecem, é recomendado usar roupas de tecidos naturais e de cores claras, pois os tecidos naturais permitem maior ventilação da pele e as cores claras refletem os raios tanto de luz quanto de calor, impedindo mais transpiração e, por consequência, a desidratação.

Tomando tais precauções, você poderá usufruir esta época do ano sem sustos.

Leia Também

Cuide deles com carinho, pois eles sustentam o corpo e nos levam para todos os lugares

 Que tal você deixar os peixes fazerem a manicure dos pés? Pois é, isso é …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *