Terceiro caso de febre amarela é confirmado em Casimiro de Abreu

Secretário Municipal de Saúde Ibson Júnior

A Secretaria Estadual de Saúde do Rio de Janeiro confirmou nesta terça-feira (21) o terceiro caso de febre amarela no município de Casimiro de Abreu, na região da Baixada Litorânea. Joaquim de Oliveira Santos, de 45 anos, foi transferido no fim de semana do Hospital Municipal Ângela Maria Simões, em Casimiro de Abreu, para o Instituto Estadual de Infectologia São Sebastião, localizado dentro do Hospital dos Servidores do Estado, na capital fluminense. Segundo o secretário municipal de saúde de Casimiro de Abreu, Ibson Júnior, o quadro do paciente é estável e ele volta ainda hoje para o Hospital Ângela Maria Simões, em Casimiro de Abreu.

O paciente é tio de Watila Santos, pedreiro que morreu no último dia 11, vítima da doença. A outra vítima, Alessandro Valença Couto, de 37 anos, recebeu alta hoje de manhã do Hospital dos Servidores. A enteada de Watila, uma menina de 9 anos, permanece internada, sem previsão de alta. Ela foi transferida na sexta-feira (17) de Casimiro de Abreu para o Hospital Estadual Alberto Torres, em São Gonçalo, região metropolitana do Rio, depois de apresentar um quadro de dores abdominais. Mais três enteados do pedreiro, um menino de 8 anos e duas meninas de 6 e 11 anos, tiveram alta no fim de semana do Hospital Municipal Ângela Maria Simões.

Leia Também

Período de defeso na lagoa de Araruama vai até outubro

O governo do estado do Rio de Janeiro deu início nesta terça-feira (1°) ao período …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *