TJ concede habeas corpus e ex-prefeito de Casimiro de Abreu sai da cadeia

Por unanimidade, desembargadores do Tribunal de Justiça do Rio aceitaram pedido de soltura em favor Antônio Marcos Lemos Machado (foto), ex-prefeito de Casimiro de Abreu.

 

A decisão ocorreu na manhã desta terça-feira e seguiu o voto do relator: Nadson Araújo da Cruz. No entanto, o réu que responde por vários crimes, entre eles: estelionato, extorsão, crimes contra o patrimônio, falsificação de documento público, peculato e crime contra a fé pública terá que cumprir alguns pré-requisitos.

O primeiro é se apresentar ao juiz da vara única de Casimiro de Abreu dentro de cinco dias úteis após a soltura. Outras recomendações são: apresentar-se em juízo, mensalmente, (em Casimiro de Abreu) sempre que for intimado, não manter comunicação com testemunhas e nem com outros réus arrolados no processo – no caso, o blogueiro Rodrigo Barros -, não frequentar a Prefeitura de Casimiro de Abreu, entregar seu passaporte ao juiz da comarca e manter informado o Judiciário local sobre o seu endereço domiciliar.

Antônio Marcos alvo da “Operação Bastidores”, que resultou no afastamento de três vereadores eleitos em 2016: Rafael Jardim, Bruno Miranda, Neném da Barbearia e Bitó.

Leia Também

Justiça condena turma da “rachadinha” em Casimiro de Abreu

Ex-presidente da Câmara de Vereadores pega 36 anos de prisão Preso desde outubro de 2017 …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *