VOCÊ SABE O QUE É RINITE ?

A rinite é uma inflamação das mucosas do nariz. Várias pessoas têm a doença e as causas são várias, vão desde resfriados, produtos químicos e até medicamentos. Os sintomas são muito parecidos em todos os tipos de rinite e fazem as pessoas pensarem que rinite é um resfriado que não passa, ou confunde com sinusite porque também vem acompanhada de cefaleia.

A rinite medicamentosa é muito frequente, pois as pessoas usam medicamentos para o nariz sem orientação médica, ignorando os riscos que estão correndo. Muitos medicamentos usados no nariz causam a rinite, ao invés de trata-la.

A rinite irritativa é comum nas grandes cidades, em locais muito poluídos e com agentes irritantes na atmosfera. A rinite alérgica também é muito comum, especialmente nas grandes cidades, cujo ambiente é poluído e onde a poeira doméstica é abundante, e em locais úmidos, com mofo.

As rinites não são contagiosas; não passam de pessoa para pessoa com o convívio social ou com relacionamento íntimo. Os pais podem transmitir a rinite alérgica para os filhos, através dos genes, o que determina, muitas vezes, sintomas semelhantes entre pais e filhos.

A maioria das rinites tem cura, principalmente a medicamentosa e a irritativa. Todas tem tratamento. A rinite alérgica, a vasomotora, a do idoso, por exemplo, tem tratamento, mas não tem cura.

A melhor maneira de tratar todas as rinites é a prevenção, especialmente a rinite alérgica, com medidas para diminuir a presença de agentes alérgenos e irritantes no nariz e em sua casa. É preciso evitar sempre as substâncias que desencadeiam a crise de rinite, como os poluentes e as substâncias químicas. Pequenas medidas em casa, por exemplo, podem significar grande melhora na qualidade de vida de quem sofre com a doença.

Para evitar a poeira doméstica, retire tudo que pode juntar poeira e ácaros. Tapetes, carpetes, cortinas grossas são locais de alojamento desses agentes. Os pisos lisos são muito mais fáceis de limpar e não abrigam ácaros. Tapetes finos e pequenos, que podem ser lavados, são mais práticos e menos prejudiciais. Assim como as cortinas leves, que podem ser lavadas com facilidade, são as ideais. Diariamente, passe pano úmido no chão e sobre os móveis. Deixe os ambientes sempre bem abertos, para areja-los e para que os raios de sol entrem com facilidade.

Vale lembrar que o quarto merece atenção especial porque é um dos ambientes mais contaminados por ácaros. O colchão e os travesseiros devem ser forrados com material antialérgico para impedir a passagem da poeira. Os melhores travesseiros para os alérgicos são os de poliéster. Nada de travesseiros ou edredões de penas ou cobertores de lã. As cobertas devem ser lavadas a cada dez dias.

Os adoráveis bichos de pelúcia acumulam muita poeira. O ideal é que não sejam usados, mas se não for possível “bani-los”, deixe disponível o menor número possível deles e lave-os a cada dez dias.

É importante buscar auxilio médico que você é vítima de espirros frequentes, secreção nasal, irritação e coceira no nariz, nos olhos e no céu da boca e também tem dores de cabeça. Você pode estar sendo vítima de algum tipo de rinite.

Leia Também

Casimiro receberá a segunda edição do Festival do Aipim

Casimiro de Abreu se prepara para realizar o 2º Festival do Aipim nos dias 4 …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *