Eleição suplementar de Silva Jardim: Candidato do podemos é citado por fraude em ação de impugnação apresentado à Justiça

0
3

Suposto uso de diploma falso e a participação de uma convencional de uma legenda que nada tem a ver com a coligação são alguns dos pontos que sustentam o pedido de impugnação do registro de candidatura de uma chapa formada pelo Podemos para disputar a Prefeitura de Silva Jardim em pleito suplementar marcado pelo Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE-RJ), para o dia 12 setembro.

A ação de impugnação ao Demonstrativo de Regularidade de Atos Partidários (DRAP) apresentada pelo advogado da coligação Silva Jardim de Verdade tramita na 63ª Zona Eleitoral. De acordo com a representação, o candidato a prefeito Luiz Evandro Macedo de Barros Junior, o Juninho Peruca, responde por fraude na cota de gênero na nominata na qual foi eleito vereador em 2020, e apresentou como prova de escolaridade um diploma de Educação de Jovens e Adultos na modalidade de educação à distância do Instituto Educacional Triunfo, datado de 4 de janeiro de 2014.

A instituição, cujos responsáveis tiveram prisão decretada sob a acusação de fraudar cursos a distância, dentre eles o apresentado pelo político, teve suas atividades suspensas pela Secretaria Estadual de Educação por conta de fraudes na emissão de certificados de conclusão do ensino médio. . “Este diploma não possui valor segundo documentação ora carreada aos autos”, diz um trecho da inicial.

Outro ponto destacado na representação refere-se a uma filiada do PL ter votado na convenção que definiu a chapa puro sangue do Podemos. “O Podemos, ao realizar a sua convenção dispôs dentre uma de suas integrantes e votantes, a Sra. Roberta Kely César. Ocorre que a Sra. Roberta está filiada ao PL, conforme comprova a certidão expedida pela própria Justiça Eleitoral na data de 09/08/2021, constituindo-se, assim, a sua participação na decisão partidária do Podemos, lamentavelmente e com a devida vênia, uma verdadeira fraude”, diz outro trecho do documento.

*O espaço está aberto para manifestação dos citados na matéria.