Enel é multada pelo Procon por serviços ruins em Casimiro de Abreu

Por falha na prestação de serviços ao município de Casimiro de Abreu, O Procon Estadual do Rio de Janeiro multou a Enel em R$ 2.442.324,99.O processo administrativo instaurado para apurar irregularidades é de 2021. Os fiscais do Procon afirmam ter comprovado as denúncias dos moradores sobre a constante interrupção de energia nos bairros da cidade, reiteradas e sucessivas, com intermitência e oscilações praticamente semanalmente ou diariamente, o que prejudica a vida dos moradores.A concessionária alega que atuou promovendo o acompanhamento de todas as ocorrências realizadas, inspecionando a rede e corrigindo eventuais anomalias, porém não comprovou as alegações. Para o Procon, ainda que o reparo tenha sido feito, a interrupção prolongada da prestação de energia elétrica, a oscilação na rede, e a demora no restabelecimento afrontam os direitos básicos do consumidor.Cássio Coelho, presidente do Procon-RJ, afirma que a Enel não demonstrou nos autos do processo a inexistência do defeito, sequer justificou ou anexou documentos para demonstrar o motivo das frequentes interrupções no fornecimento do serviço.“Os problemas gerados pela falta de energia são enormes e geram sérios prejuízos para os moradores e comerciantes locais, afetando inclusive o desenvolvimento do município. Não pode haver fornecimento precário de energia que é essencial e indispensável. Vamos sempre atuar para que os cidadãos tenham acesso a um serviço eficiente e adequado” observou Cássio Coelho.

Artigo anteriorLicitação para obras de pavimentação e esgotamento sanitário em Bairro de Casimiro de Abreu já começou
Próximo artigoDupla Sena de Páscoa abre apostas e vai sortear R$ 30 milhões