Ex-prefeito de Araruama aciona Ministério Público para apurar denuncias feitas por vereador

Acusado pelo vereador Márcio Ricardo de Oliveira, o Oliveira da Guarda, de ser o mandante da morte de um jornalista, o ex-prefeito de Araruama Francisco Carlos Ribeiro, o Chiquinho da Educação, partiu para o ataque. Ele acaba de ingressar com representação junto ao Ministério Público requerendo a apuração da denúncia.

As acusações contra o ex-prefeito explodiram na sessão da Câmara, na terça-feira, dia 8. Apontando para o seu celular, Oliveira, segundo Chiquinho, teria dito que tinha as provas do crime em em seu dispositivo.

“Por que razões o parlamentar guarda informação tão valiosa para a Justiça, e sobretudo o Ministério Público, e as vaporiza para todos os lados, sinalizando para o celular, afirmando ter manancial de provas”?, questionou Chiquinho.

Artigo anteriorCom gestão emperrada Casimiro de Abreu tem quatro vezes mais dinheiro que Mesquita, cidade com universo populacional de 180 mil moradores e governo bem avaliado
Próximo artigoMPF cobra medidas para garantir segurança da Barragem de Juturnaíba