Maracanã volta a ser administrado pelo Estado, decide juíza

A gestão do Maracanã voltará para o governo do estado. Foi o que decidiu a  juíza Maria Paula Galhardo, da 4ª Vara da Fazenda do TJRJ,  dada em tutela antecipada. A magistrada  determinou que o Complexo do Maracanã reassuma o contrato de concessão de gestão, operação e manutenção do Estádio Mário Filho (“Maracanã”) e do Ginásio Gilberto Cardoso (“Maracanãzinho”).

Pela decisão,  o Comitê Olímpico Rio 2016 fará  todos os reparos identificados na vistoria da devolução do imóvel e pagará todos os débitos pendentes junto à Cedae no valor de 1.678.921,53‬. 

As decisões atenderam a um pedido do Governo do Estado, para que os dois estádios fossem devolvidos nas mesmas condições recebidas pelo Comitê Rio 2016, após os nove meses de cessão para a realização das Olimpíadas de 2016. 

Desde abril de 2019, o Maracanã vem sendo administrado em conjunto por Flamengo e Fluminense. 

Atualmente, o Maracanã está sendo gerido por Flamengo e Fluminense. 

Artigo anteriorRenato Góes, emendando novelas
Próximo artigoPrefeitura de Casimiro de Abreu adere ata até para reparo de ruas. Contratos firmados sem licitação já somam mais de R$ 50 milhões