Marciel: prefeito não tem capacidade de administrar Rio das Ostras

“Varrer rua, cortar grama e pintar meio-fio”. Será que essas coisas justificam o salário de R$ 30 mil mensais pagos ao prefeito Marcelino Borba? O questionamento é mais feito por Marciel Gonçalves, que toda vez que usa o microfone nas sessões legislativas despeja uma série de irregularidades cometidas, segundo ele, pelo prefeito de Rio das Ostras.
No entender de Marciel a cidade e os moradores estão completamente abandonados e à mercer de uma administração incompetente, senão catástrofica. “Sou oposição à falta de médicos, falta de qualificação profissional, falta de cirurgias, falta de saneamento básico. Não tenho nada pessoal contra ele, mas o prefeito não tem capacidade de administrar Rio das Ostras”, disse o vereador na última sessão legislativa.
Artigo anteriorAcusado de matar policial militar é preso em Cabo Frio
Próximo artigoQuadrilha de MG é presa após roubar loja de joias em Araruama