Sana, em Macaé, é um dos melhores destinos neste inverno, aponta jornal

0
7
Distrito é o destino ideal para quem busca contato com a natureza, caminhadas, banhos de cachoeira e ecoturismo

Um dos melhores lugares para se curtir o inverno. Assim é o distrito do Sana, em Macaé, selecionado pelo jornal Diário do Rio.com como um dos dez melhores destinos para aproveitar essa estação no estado. Conhecido como “Paraíso das Águas” devido à quantidade de cachoeiras, o local é o cenário perfeito para quem quer sair da confusão das grandes cidades e aproveitar um clima aconchegante na montanha, que, para muitos, é considerada mágica. Além de trilhas, destacam-se o Peito do Pombo, artesanato, música, gastronomia e arte.

Devido ao seu aspecto bucólico, o Sana foi escolhido como residência de grandes artistas, como pintores, circenses, músicos e artesãos. O distrito ainda conta com o CriaSana, local onde é possível encontrar artesanato, móveis, utensílios, roupas, bijuterias, entre outros.

O Espaço, que também conta com palco e anfiteatro, abriga exposições artísticas, apresentações de bandas musicais, eventos teatrais, oficinas diversas e gastronomia; além de gerar oportunidades para a comunidade, tem como objetivo valorizar a cultura local e oferecer aos visitantes um ambiente artístico e cultural.

De acordo com o Secretário Adjunto de Turismo, Fernando Amorim, o Sana é o destino ideal para quem busca contato com a natureza, caminhadas, banhos de cachoeira e ecoturismo. O Sana sempre foi muito procurado e, com a pandemia, isso aumentou. Até porque muitas pessoas buscam lugares abertos.

“Desde o início do ano, a prefeitura elaborou um trabalho conjunto com o comércio, pousadas, entre outros estabelecimentos do local para que, de acordo com as normas de segurança de combate ao Covid-19, aos poucos pudéssemos receber os turistas com segurança. Os estabelecimentos se adaptaram e hoje funcionam de acordo com o decreto vigente, de forma segura, o que possibilita mais visitas com qualidade. Temos muito a avançar, muita coisa para melhorar, mas, hoje, o Sana é um destino concretizado”, destacou Fernando Amorim.

Já segundo o secretário municipal da pasta, Léo Anderson, ter o Sana em evidência é mais uma ferramenta na construção de um município cada vez mais estruturado para receber visitantes.

“O distrito foi transformado em Área de Proteção Ambiental (APA) em 2002 e o turismo é uma das principais atividades econômicas do local, que conta com diversos pequenos negócios ligados ao setor, especialmente hotéis, pousadas e restaurantes, o que gera emprego e renda para a população local” pontuou Léo Anderson.

No Portal do Sana funciona o posto de informações turísticas da prefeitura, atendendo os turistas que chegam ao local. Por se tratar de uma APA (Área de Proteção Ambiental), há uma forte preocupação em sensibilizar os visitantes para a realização de um turismo responsável, com atividades de ecoturismo e turismo de aventura respeitando a natureza local. Recomenda-se o acompanhamento de condutores e guias locais para garantir a segurança e uma melhor experiência durante os passeios.

As demais localidades que, junto com o Sana, foram selecionadas como destino para curtir o inverno no Rio foram: Petrópolis, Teresópolis, Itaipava, Miguel Pereira, Penedo, Visconde de Mauá, Nova Friburgo, Lumiar e Itatiaia.