Silva Jardim: Médico “esculacha” vereador que entrou clínica filmando a pretexto de fiscalizar o funcionamento da unidade

Alguém precisa avisar ao vereador Marcelo Araújo de Souza, o Marcelinho Pedreiro (foto), do pequeno município de Silva Jardim, no interior do estado do Rio de Janeiro, que o fato de estar exercendo um mandato parlamentar não lhe dá direito de chegar a uma unidade de atendimento médico à noite, entrando em dependências restritas aos médicos filmando, a pretexto de uma fiscalização, e acabar tumultuando o ambiente.

Isso aconteceu esta semana na Policlínica Municipal da cidade, mas o político de que parecia estar produzindo imagens para veicular nas redes sociais, acabou passando vergonha. O médico de plantou não baixou a cabeça para ele e afirmou: “Você está fazendo seu trabalho errado. Não lhe devo nenhuma satisfação”.

Depois de passar pela recepção e encontrar algumas pessoas aguardando atendimento, o vereador entrou em várias dependências filmando as salas. Ao encontrar o único médico do plantão bebendo água, Marcelinho o interpelou, perguntando por que ele não estava trabalhando. O profissional respondeu que estava atendendo, que tinha trabalhado o dia inteiro, e que naquele momento estava apenas bebendo água.

Ao perceber que o vereador o filmava e o acusava de estar deixando pacientes esperando por muito tempo, o médico também passou a filmá-lo, e avisou que iria processá-lo caso sua imagem fosse exposta. Nisso o vereador respondeu que já tinha “uns 20 processos” e que um a mais não faria diferença. Isso provocou uma rápida resposta do médico: “Você tem até cadeia por assalto a ônibus. Você não é aquele que roubava ônibus?”.

O vereador deixou a unidade em seguida, dizendo que estava apensas exercendo o seu direito de fiscalizar.

Artigo anteriorNo Vaticano, papa Francisco diz rezar por vítimas das chuvas no Brasil
Próximo artigoPrefeito de Rio Bonito dá aumento para si próprio de mais de 55%